Busque sua Passagen Aérea

19 outubro, 2009

Peregrino no Amor


Caminhando passos mansos e tranquilos
Pelo deserto da vida
Areia que escalda meus pés
O vento frio congelava meu corpo
Em Extremos opostos
Vou Atravessando
Dunas incessantes
Suportando tempestades de areia
Vou caminhando
Coberta de poeira
Horizonte infindável
Tão sozinha
nada por perto
Minha mente se confunde
Ilusões e miragens
Avisto um oásis
Real ou miragem?
Certo ou errado?
Verdadeiro ou falso ?
Já cansada da caminhada
Sol que queima minhas lágrimas
Em uma ultima tentativa
Corro para esse oásis
Que de repente apareceu em minha vida
Não era miragem,
Tinha Uma palmeira verdejante
Um peregrino viajante
Em sombra fresca
Ofereceu-me sua água
E saciou minha sede
Mergulhei na frescura do amor
Para trás, deixei a dor
Passado enterrado na areia
Esqueci o deserto da vida
Hoje peregrino no amor!
Autora: Andresa Araujo
Imagem: Web

25 comentários:

REBELDE disse...

LIndo Bjs

Andreia disse...

Oi linda!
Que lindo teu poema,
hoje peregrino no amor...
Muito singelo.
Doce beijo querida...

Pelos caminhos da vida. disse...

Continuo na minha peregrinação.

beijooo.

Alvaro Oliveira disse...

Olá Andresa

Que bela peregrinação, amiga!
Uma peregrinação pelo deserto da vida, encontrando um oásis com uma palmeira
e um peregrino!... valeu a caminhada
por esse deserto, pisando areias escaldantes...
Lindissimo!

Beijin hos

Alvaro

Laury disse...

Hola amiga que bello poema
Te deseo una linda semana
abrazos Laury.

FOTOS-SUSY disse...

OLA ANDRESA, MAGNIFICO POEMA...UMA LINDA PEREGRINACAO DA VIDA E DO AMOR...QUE TENHAS UMA OPTIMA SEMANA AMIGA!!!
BEIJOS DE CARINHO,


SUSY

comunicadoras disse...

Muito bonita esta Peregrinação.É, na minha opinião, o retrato da vida; uma caminhada onde encontramos de tudo e muitas vezes graves problemas e sofrimento grande; mas continuamos sempre com determinação e força e lá chega o dia em que a vida nos presenteia com um caminho menos tortuoso, onde vemos bonitas paisagens onde apetece sentar e observar; enchemos o nosso coração de alento e lá continuamos com a esperança de que a vida nos dê mais momentos felizes; mas, quando os der, é necessário que os saibamos receber e fazer deles um valioso presente. Um beijnho amiga e uma boa semana.

Emília

VANUZA PANTALEÃO disse...

Oi, amiga querida!
Quem encontrar o oásis do Amor vai saciar toda a sua sede...
Como sempre, seus Poemas, são ternos e com imagens delicadíssimas.
Amei demais!!!

Adolfo Payés disse...

Hermoso poema.. es un gusto haber encontrado tu blog..


Un abrazo
Saludos fraternos..

Luciana disse...

Olá Andresa obrigada pela visita ótimo texto.
Bjs

Nilson Barcelli disse...

Apesar das dificuldades em identificar o que é real ou miragem, certo ou errado, verdadeiro ou falso, a vida por vezes tem o sabor agradável do amor à nossa espera.
Gostei imenso do teu poema, parabéns.
Boa semana, beijos.

LLEONARDO disse...

Venho retribuir a visita e dizer mais uma vez que os poemas são lindos Boa Semana.

Mundo Animal. disse...

.:. (Y)
=(^.^)=
..(")O(") !! HOLA BUENAS NOCHESS ESTA GENIAL !!

PASE A SALUDARTE Y A DESEARTE UNA BUENA SEMAAAAAAAA
ABRAZOS CHRISSSS

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Andresa! Passei para agradecer a tua visita e, principalmente, as belas palavras de conforto que lá deixaste. Muito obrigado de coração.

Adorei a tua peregrinação, especialmente o final, quando encontraste o oasis e o seu respectivo conteudo. Lindo poema.

Beijos,

Furtado.

Daniel Costa disse...

Andreia

Adorei a interessante proposta de alcançar o amor, um poena que reitera: "Quem procura sempre alcança!"

Em relação às rendas de bilros, de repente não me recordo o Distrito, mas foram levadas de cá e implantaram-se.

Beijinhos,
Daniel

SIMONE MARIANO disse...

Olá Andresa...
Vim agradecer pessoalmente o carinho que recebo sempre dentre as mil visitas amiga!
fostes e sempre será meu insentivo mais carinhoso!
Puxa...obrigada mesmo pela dica!Sempre me ajudando!
Beijos....Simone Mariano!

EternaApaixonada disse...

...Esqueci o deserto da vida
Hoje peregrino no amor!

Lindo demais, Andresa!
Parabéns, amiga!

Que continue sempre feliz!

Linda semana!

Beijos
Helô Spitali

Everson Russo disse...

Passos leves, tranquilos, pegadas de paz, assim vamos seguindo e deixando nossa historia escrita...beijos querida amiga e uma linda noite pra ti.

neide disse...

Andresa querida apesar do sofrimento da caminhada valeu a pena... um oásis, um peregrino e o encontro do amor. Final perfeito minha amiga.

Boa semana e bjss no coração.

Majoli disse...

Bom dia Andresa.
Gosto muito de tuas poesias, e o finalzinho dessa "Peregrinação" é lindo demais:
"Mergulhei na frescura do amor
Para trás, deixei a dor
Passado enterrado na areia
Esqueci o deserto da vida
Hoje peregrino no amor!"

Também quero viver essa magia.

Beijos querida.

Everson Russo disse...

Um beijo carinhoso e um lindo dia pra voce querida.

Sabrina Noureddine disse...

Lindo o poema, como sempre!!!
Parabéns!!!
Aproveito para agradecer seus comentários no blog, é um grande incentivo e o que me motiva a continuar...
Abs, Sabrina.

Lua meu amor... disse...

Bonita a tua escrita.
A tua poesia não é uma miragem.

Kiss

Wanderley Elian Lima disse...

Lindo poema, cheio de sensibilidade e fé. Parabéns.
Beijos

angel disse...

Oi Andresa
Todos buscamos este oásis onde podemos matar nossa sede de ser feliz. Mas, sabe, ele existe dentro de cada um de nós, mas só é possível vê-lo quando abrimos nossos coração e nossa alma para a vida e para as pessoas. O sorriso é o primeiro passo, o abraço é sinal de chegada.
Lindo poema.
Abraço
angel